Atendimento

Para o atendimento ao público, o NCD oferece um laboratório com 18 computadores, todos equipados com softwares livres. A escolha desse tipo de software se deve ao fato de que a maioria da população atendida não dispõe de recursos financeiros para adquirir a licença dos programas pagos. Além disso, os aplicativos livres oferecem muitas vantagens, como segurança, facilidade de uso e qualidade. 
 

Cada máquina contém, entre outros, editores de textos, de planilhas e de apresentações; editores de imagens; tocadores de vídeos e de músicas; além de internet em alta velocidade. E durante o período de permanência no laboratório, o usuário sempre conta com a colaboração e a supervisão de dois instrutores qualificados, caso seja necessário algum tipo de auxílio.
 
 

O que fazer para utilizar o laboratório

O laboratório de informática do NCD fica localizado no Centro de Vivência da Ufes (Av. Fernando Ferrari, nº 514, Campus Universitário Goiabeiras) e atende gratuitamente dezenas de usuários durante todos os dias da semana nos seguintes horários: de 2ª a 6ª (das 9 às 20h) e aos sábados (das 9 às 12h - Somente para cursos).  Para utilizá-lo, basta seguir as orientações abaixo:
 
 
* Crianças e adolescentes de até 15 anos (cadastro especial)
 
Crianças e adolescentes com 15 anos ou menos também podem utilizar o laboratório do NCD. Para isso, é necessário o preenchimento de um cadastro especial, com a assinatura dos pais, autorizando seus filhos a utilizarem o laboratório nos horários previstos.
 
Essa medida é importante para que os responsáveis tenham ciência de que seus filhos utilizam nossos serviços e, ainda, informem o horário permitido para tal. Dessa forma, é possível assegurar o cumprimento do horário escolar e tornar mais proveitosas as atividades realizadas no laboratório do NCD.
 
Sem essa autorização, os menores NÃO podem utilizar o laboratório de informática ou se inscrever em cursos.
 
 
* Jovens e Adultos
 
Para ter livre acesso ao laboratório, é necessário um cadastro na secretaria do NCD. O cadastro é feito imediatamente, basta apresentar um documento com foto e comprovante de residência.
 

 

Atendimento a um público especial

O Núcleo também conta com uma impressora Braille (a única aberta à população no Estado). Para utilizá-la, existe uma cota mensal de impressão por usuário, exigindo-se dele apenas as folhas de papel.