Tutorial: Como remover o vírus do atalho

Já teve problemas com aquele vírus que se espalhou por quase todos os computadores transformando os arquivos do seu pen drive em atalhos? Fique sabendo que há formas simples e fáceis de eliminá-lo sem precisar formatar a sua unidade de disco móvel e perder os seus arquivos contaminados.
 
Primeiramente, você deve manter a calma, porque apesar desse vírus ser um incômodo, ele não apaga e nem danifica os seus documentos, ele apenas os oculta e cria atalhos falsos. Segundo, veja se no ícone do pendrive (disponível em “Meu Computador”) o espaço utilizado continua idêntico ao que era anteriormente.
 
Agora, segue o tutorial para eliminar o “vírus do atalho”.

Caso o Windows informe que a unidade está vazia, então é possível que o vírus que você pegou seja outro. Do contrário, a execução dos passos a seguir deverá resolver seu problema.
 
Recuperando arquivos
Abra o Prompt de Comando (item presente no “Menu Iniciar” dentro da pasta “Acessórios”)

 
Agora digite o seguinte comando:

attrib -h -r -s /s /d F:\*.*
 
O comando ATTRIB é usado para mostrar os atributos dos arquivos e diretórios (somente leitura, arquivo do sistema, arquivo morto e oculto), e permite alterá-los.

Nota: a letra “F” deve ser substituída pela letra atribuída ao seu pendrive.
Podemos, com notepad do windows, criar um arquivo com seguinte texto:
 
echo Desocultando todos arquivos e pastas.
attrib -h -r -s /s /d
echo Deleteando arquivos indesejaveis.
del /F /S /Q  *.inf
echo Deletando os atalhos gerados.
del /F /S /Q  *.lnk
echo Concluido a Limpeza.
PAUSE
 
O comando ECHO envia, ou controla o envio, de mensagens para a saída padrão. Usado em scripts DOS para controlar as mensagens enviadas para a saída padrão (monitor, tela ou ecrã).
*.inf : Arquivos de Informação do Windows(*.info).
*.lnk : Arquivos de Atalho do Windows (*.link).
 
Após isso, ao salvar, selecione a opção todos os formatos de arquivos e salve com qualquer nome. Porém, é necessário adicionar .bat ao final do nome para que o arquivo se torne um executável. Assim, basta copiar o arquivo para o pen drive e executar, ou seja, clique duas vezes em cima do arquivo. (Importante: Não execute esse arquivo fora do Pen Drive, o windows mantém vários arquivos de sistema ocultos a fim de proteger o mesmo evitando que o usuário venha deletá-los.

Tags: