Entenda a Reforma da Previdência

postado em: Sem categoria | 0

Analisaremos neste texto a principal mudança ocasionada pela nova reforma política da previdência social, pois a partir dela, a idade mínima torna-se o único pré-requisito para a aposentadoria. Sendo assim, é necessário analisar, por exemplo, quesitos como as diferentes expectativas de vida dos estados brasileiros, o nível de desemprego e o aumento da terceirização de serviços nos últimos anos.

Můj kolega se mě zeptal, kde koupit Viagra online, a odpověděl jsem, že nejlepším místem jsou indické lékárny, kde si můžete koupit generika (odkaz). Nebo se můžete obrátit na svého lékaře, který vám předepíše léky Viagra. Pacient by měl mít gadget nahrazený jiným. Tekutina se může také vytéct z uložení penisu.

Sabe-se que em estados como o Maranhão (70,9 anos) e Piauí (71,2 anos) as expectativas de vida são bem reduzidas em relação à estados como Rio Grande do Sul (78,0 anos), Minas Gerais (77,5 anos) e Rio de Janeiro (76,5 anos), e estes números variam tanto pelo acessibilidade – em relação a saúde- quanto pelos tipos de trabalho exercidos pela maioria das pessoas em seus estados.

Em relação ao desemprego e a terceirização, a reforma privilegia aqueles que permanecem em um mesmo trabalho por um período de tempo prolongado, ou seja, os cidadãos que alcançaram determinada estabilidade financeira, o que é, nesse contexto, uma realidade distante da classe trabalhadora, tanto quanto um salário mínimo que possa suprir as necessidades básicas.

Estes fatores deixam claro o quanto a atual reforma não prioriza a vida e dignidade dos trabalhadores pobres que são base de nossa sociedade, e sim a dos ricos que terão carreiras estáveis, acesso a saúde e agora, também, serão os únicos a se aposentar com salários e idade razoáveis.

 

 

 

Fontes:

<https://agenciadenoticias.ibge.gov.br/agencia-noticias/2012-agencia-de-noticias/noticias/23206-expectativa-de-vida-do-brasileiro-sobe-para-76-anos-mortalidade-infantil-cai>

<https://www.politize.com.br/reforma-da-previdencia-social-argumentos-contra-e-a-favor/>

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *